REDES

domingo, 2 de março de 2008

Cartas da Zona de Guerra


Vale a pena conferir, afinal os livros anteriores valeram, sabe-se que a mídia o queimou, lá, lá nos eua, mas até aqui so chegam notícias , vamos aos fatos e portanto,a leitura
paulo a c v

Cartas da Zona de Guerra

Aproveitando esse clima (quase) disputa eleitoral nos Estados Unidos, reservo um tempinho para falar sobre Cartas da Zona de Guerra, do documentarista americano Michael Moore.

Devo admitir que sempre adorei a forma sarcástica e inteligente como o autor coloca as idéias no papel, mas tenho que dizer também que esse livro segue um rumo totalmente diferente dos demais (“Stupid White Men” e “Cara, cadê meu país?”).

Ao invés de tentar provar com suas próprias palavras que a invasão e a guerra no Iraque foram um erro, Moore meio que “copia e cola” as provas. “Cartas da Zona de Guerra” é, na verdade, um apanhado com mais de 100 cartas dos soldados que lutaram no Iraque meses depois do 11 de setembro. São depoimentos emocionantes enviados ao cineasta durante os conflitos que mostram o quanto os jovens que estavam lá sofreram.

Mas, apesar das diversas declarações estilo “Não agüento mais essa guerra”, raros são aqueles que criticam duramente o governo Bush. Uns contam como é não saber o dia de amanhã e outros se mostram carentes por estarem longe das famílias. Vale a pena conferir! :D
enviada por Aline
(comentar) | (envie esta mensagem) | (link do post)


in http://bookmarks.blig.ig.com.br/

Nenhum comentário: