quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Editoras brasileiras têm prateleiras vazias na abertura da Feira do Livro de FrankfurtGUSTAVO MARTINS


Editoras brasileiras têm prateleiras vazias na abertura da Feira do Livro de FrankfurtGUSTAVO MARTINS
De Frankfurt

* Atualizada às 13h58

Editoras brasileiras ficam com prateleiras vazias na Feira do Livro de Frankfurt
VEJA MAIS FOTOS DA FEIRA
FEIRA ABRE SUA 60ª EDIÇÃO
EM EVENTO, PAULO COELHO APÓIA INTERNET
O estande da Câmara Brasileira do Livro (CBL) na Feira de Frankfurt passou o primeiro dia do evento (quarta-feira, 15) com as prateleiras vazias. Nenhum dos livros das 39 editoras que expõem pela CBL chegou em tempo à Frankfurt Messe, o complexo de edifícios onde se realiza a feira, pois todos ficaram barrados na Espanha.

De acordo com informações da CBL, a razão foi que uma das editoras enviou seus livros em uma caixa com o símbolo de "produto corrosivo", o que fez com que a companhia aérea espanhola Iberia retivesse o material em Madri.

Ao longo do dia, a CBL informou que o problema já teria sido resolvido e que os livros seriam entregues ainda hoje, mas nenhum exemplar brasileiro foi exposto na abertura da feira, dia dedicado à visitação do mercado editorial. A previsão atual é de que os livros sejam entregues até às 2h da manhã de quinta-feira (16), 21h de quarta-feira no horário do Brasil.

A editora Companhia das Letras, que comprou estande próprio mas utilizou o serviço de transporte de livros da CBL, também teve que iniciar sua participação em Frankfurt de estande vazio.

A Feira do Livro de Frankfurt, maior evento editorial do planeta, acontece de 15 a 19 de outubro na Frankfurt Messe.
by uol

Nenhum comentário: