segunda-feira, 17 de novembro de 2008

IMPÉRIO DOS SONHOS David Lynch descreveu como, um foco no dilema das mulheres



QUAIS INTERPRETAÇÇÕES SE DÃO AO IMPÉRIO DOS SONHOS

Uma interpretação
A atriz de Hollywood Nikki Grace recebe uma oferta para interpretar a infeliz Sue Blue, protagonista do novo filme do diretor Kingsley Stewart. Nikki não se detém mesmo quando descobre que está no remake de um filme polonês chamado 47, que nunca foi finalizado porque os atores principais se apaixonaram e acabaram assassinados com uma chave de fenda oxidada. Quando se permite ser seduzida por Devon Berk, seu parceiro na trama, o mundo transparente de Nikki se transforma. Os amantes chamam um ao outro pelos seus nomes da ficção e as fronteiras entre várias realidades diferentes se misturam. Realidade, sonhos, visão, cinema, assim como os passados, futuros e identidades dos protagonistas ganham lugar para que os personagens se movam livremente em uma narrativa na qual o diretor David Lynch descreveu como, um foco no dilema das mulheres. Que lugar existe afinal para os coelhos de seu seriado televisivo? Essa charada de personagens famosos, em que Lynch retorna ao surrealismo dos tempos de Eraserhead (1977), levou vários anos para ser feita, sem roteiro pré-estabelecido, e foi gravada com uma câmera digital Sony PD-1http://www2.uol.com.br/mostra/31/p_exib_filme_287.shtml50

Nenhum comentário: