sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Cinema: direitos humanos em cartaz por uma semana no Recife

imagem paulo vasconcelos


Do JC Online

Filme Histórias de direitos humanos abre o festival, que tem entrada franca
Recife é uma das 16 cidades brasileiras que recebem a 4ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. Em cartaz, a nova safra de filmes de dez países sul-americanos que assuntam sobre temas como solidariedade, direitos sociais e sexualidade.

Na capital pernambucana, o evento começa nesta sexta-feira (30) e segue até o dia 5 de novembro, tendo como QG o Cinema da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), no Derby, além de algumas sessões no Teatro do Parque, no Centro da cidade. A entrada é franca.

Na abertura, às 20h, será exibido Histórias de direitos humanos, longa-metragem com 22 episódios de três minutos cada, assinados pelo argentino Pablo Trapero, o chinês Jia Zhang Ke, o tailandês Apichatpong Weerasethakul, o realizador de Burkina Faso Idrissa Ouédraogo, além da dupla brasileira Walter Salles e Daniela Thomas.

Para o público portador de deficiência visual, haverá duas sessões de audiodescrição: na sexta-feira (2) passará Não conte a ninguém, de Francisco J. Lombardi; e na quinta (5) é a vez de O signo da cidade, de Carlos Alberto Riccelli. Para ver a programação completa do evento,

Nenhum comentário: