quarta-feira, 19 de maio de 2010

Universidades Privadas no Brasil são caso de Polícia!!!!!!!!!!!

Vide fato de Minas, e isto não é só lá, mas em todo Brasil, desrespeito a alunos professores, trangressões com o Mec.As Universidade de grupos privados se transformaram na Indústria do Consumo do Título Universitário.Aluno é consumidor e Educaçao é Mercadoria. Os capitais Internacionais migram para cá para aproveitar a fatia de mercado e fazem e desfazem e o MEC cala-se!!!!!!!!!!!!!!!!
---------------------------------------------------------------------------------------
clique no título e vá a matéria original



CASO CONCRETO DO GRUPO PITÁGORAS EM MINAS

UMa manifestação de estudantes terminou em confusão na noite de segunda-feira em Belo Horizonte. Alunos da Faculdade Pitágoras que protestavam contra mudanças no modelo pedagógico da instituição entraram em confronto com policiais militares em frente à unidade da Avenida Raja Gabaglia, no Bairro Gutierrez, Região Oeste de Belo Horizonte.


Breno Borges mostra ferimento na mão direita
A Polícia Militar foi acionada e alguns estudantes alegam que foram agredidos. Segundo o coronel Sandro Teatini, do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), as denúncias serão apuradas. Breno Borges, estudante de pós-graduação em engenharia de produção, disse que ficou com a mão ferida durante o tumulto.

Polêmica no ensino

Os estudantes questionam o novo sistema da redução de carga horária das aulas presenciais e aplicação do ensino à distância, o que não constaria no contrato assinado no ato da matrícula. A direção da Faculdade Pitágoras argumenta que as mudanças fazem parte de melhorias no projeto educacional.

O Sindicato dos Professores Particulares de Minas Gerais informou que os docentes da Faculdade Pitágoras fazerm assembleia na tarde desta terça-feira para discutir a possiblidade de paralisação das aulas. De acordo com o sindicato, os professores também não concordam com as mudanças no modelo pedagógico.

Leia na íntegra a nota da Faculdade Pitágoras sobre as mudanças
Confira a reportagem da TV Alterosa

Nenhum comentário: