quarta-feira, 2 de junho de 2010

Marina Silva assume ser contra o casamento gay


A notícia abaixo desmente UMA MARINA que se acreditava inovadora e aberta ao novo e as questões humanitárias.Ela ao afirmar, o que o fez, discrimina grande parte da população e ativa a Homofobia. A natureza que ela tanto defende, esqueçe ela, insere-se dentro do macro espaço dos humanos, e isso ela não vê, não entende deste ser humano que comunga e está dentro do chamado plano da natureza viva.Não há ecologia senão para e com os seres humanos na sua complexidade biopsíquica .
Marina ainda despreza uma questão séria o da adoção por casais gays,em que até os planos de Saúde e Imposto de Renda já os aceitam e os acatam como dependentes.
Está é A MARINA travestida de nova e humana, ela é reacionária humanamente falando e anda ao desencontro das novas carruagens dos homens dentro de um novo tempo , tempo de novas parcerias e relações.
Paulo A C Vasconcelos


Marina Silva assume ser contra o casamento gay
Publicado em 01.06.2010, às 13h26

Do JC Online
Para a presidenciável Marina Silva, do PV, casamento é algo apenas para heterossexuais. O comentário tirou a candidata de cima do muro em relação ao casamento gay e direitos LGBT. Em entrevista ao portal UOL, Marina disse que "não tem uma posição favorável à união de pessoas do mesmo sexo", disse.

Segundo ela, o casamento é uma instituição para pessoas de sexos diferentes. "[O casamento] existe há milhares de anos, não tenho uma posição favorável".

A candidata afirmou que "essas pessoas tem todo do direito de defender suas bandeiras", em relação à militância dos homossexuais.

Dias atrás, o historiador e ativista Marcelo Cerqueira, do Grupo Gay da Bahia, anunciou que deixará o PV por não concordar com as opiniões de Marina em relação aos gays e também o aborto. Ele, que militava pelos verdes há 10 anos, ingressará o PT.

Saiu chamando Marina de "dissimulada" e criticou o partido por querer se tornar uma "direita reacionária"

Nenhum comentário: