segunda-feira, 21 de junho de 2010

O são joão que é nossa marca-no NE- vinda de lá, agora é pensado na cidade do Porto PT

Pois é herdamos, mas agora temos uqe ensinar a eles , enquanto evento turístico- nos fale Campina Grande, Caruaru, Segipe e Ceará, destcadamente , mas todo o NOrdeste.
Paulo A C Vasconcelos


Porto vai internacionalizar S. João

O vereador do Turismo, Inovação e Lazer da Câmara do Porto anunciou hoje, segunda-feira, que a autarquia está desenvolver "um conceito" para tornar o S. João numa marca que possa ser internacionalizada.

"Queremos fazê-lo porque o S. João é genuíno, é autêntico, é do Porto e só pode ser vivido aqui pelos que cá vivem e por aqueles que nos visitam", disse o vereador.

Vladimiro Feliz falava no Congresso Internacional de Turismo, organizado pelo Instituto de Ciências Empresariais e do Turismo do Porto.

"É preciso consolidar a marca Porto, dar-lhe escala, criar uma forma mais estruturada de promover a cidade. Nesse sentido, estamos a desenvolver um conceito, que vamos apresentar brevemente, após a realização do S. João deste ano", referiu.

"Não queremos que o S. João seja a noite de 23 ou a semana em torno do dia 24, queremos organizar uma oferta integrada, que vá do dia 01 ao dia 30 junho", sustentou.

O objetivo, acrescentou Vladimiro Feliz, é permitir que o turista que chega à cidade "possa perceber que movimentando-se pelo espetáculo da Casa da Música, por um evento em Serralves ou na Avenida dos Aliados, tem sempre um fio condutor comum".

"Temos muitas vezes, no mesmo dia, três eventos ao mesmo tempo e com dimensão significativa. A nossa pretensão, enquanto município, é sensibilizar os agentes para que consigamos estruturar uma oferta que não concorra entre ela, mas que se complemente e que possamos, assim, aumentar a permanência dos turistas na cidade", frisou.

Nenhum comentário: