quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Governo chinês organiza segunda feira de educação no Brasil

Embora a China seja o maior parceiro comercial do Brasil, o intercâmbio educacional entre eles ainda não é expressivo. Para estreitar esse relacionamento e promover as oportunidades nas áreas de graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado, MBA e divulgar as melhores universidades chinesas, o Conselho de Bolsas de Estudo da China (CSC), órgão do Ministério da Educação, organizará a China Education Exhibition 2010 – II Feira de Universidades Chinesas no Brasil.

No dia 22 (sexta-feira) e 23 (sábado) de outubro, das 9h às 18h, a capital paulista receberá 80 autoridades acadêmicas e governamentais chinesas, representando 26 instituições universitárias. Será a segunda maior delegação acadêmica chinesa a visitar o Brasil. O Embaixador da República Popular da China no Brasil, Qiu Xiaoqi, participará da cerimônia de abertura do evento, no dia 22, às 9h.

A feira será realizada no Memorial da América Latina, no auditório e foyer Simón Bolívar (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 644, Barra Funda, São Paulo – SP).

Entre as instituições presentes estão: Beijing Film Academy; Communication University of China; Graduate School of Chinese Academy of Agricultural Sciences; China University of Petroleum (Beijing); Dalian Maritime University; Northeastern University ; Changchun University of Science & Technology e Jilin University (veja abaixo a lista completa).

O evento é realizado pela Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Econômico (CBCDE); pelo Instituto Confúcio na Unesp, pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e pelo Memorial da América Latina. Conta com o apoio da Embaixada da República Popular da China no Brasil, do Consulado Geral da República Popular da China em São Paulo e da Associação Chinesa do Brasil (ACB).

Conselho de Bolsas de Estudo da China

Organização sem fins lucrativos filiada ao Ministério da Educação, o Conselho de Bolsas de Estudo da China (CSC) tem por objetivo promover estatutos e políticas da China e prestar assistência financeira a cidadãos chineses que pretendem estudar em outros países e a estrangeiros que querem estudar na China. Esses intercâmbios têm o intuito de desenvolver trocas culturais, comerciais e econômicas entre a China e outros países, fortalecendo as parcerias e promovendo a modernização do país.

O CSC é financiado majoritariamente por recursos de programas escolares da China, mas também aceita doações pessoais, de empresas, de organizações sociais e de outras entidades chinesas e estrangeiras. O CSC é formado por um comitê, encarregado das consultas e dos exames, e por um secretariado, responsável pelas tarefas administrativas.

Dentre as atribuições do CSC estão: determinar projetos relevantes a serem assistidos; administrar os intercâmbios multilaterais ou as bolsas unilaterais, entre a China e outros países; administrar questões envolvendo intercâmbio científico e tecnológico entre instituições e indivíduos dentro e fora da China; e fornecer apoio financeiro para projetos educacionais e expandir as fontes de recurso para aumentar a escolaridade chinesa.

CBCDE

Fundada em junho de 2001, a Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Econômico (www.cbcde.org.br) é uma entidade civil de direito privado que visa a promover a aproximação entre entidades governamentais, associações e empresários brasileiros e chineses, visando à consolidação das relações comerciais e culturais entre o Brasil e a China.

Em 2005, com o objetivo de proporcionar aos empresários brasileiros e chineses interessados em realizar investimentos na China e no Brasil, respectivamente, o máximo de apoio para o desenvolvimento de seus projetos, a CBCDE tornou-se membro do Conselho para a Promoção do Comércio Exterior da China (CCPIT) e da Câmara de Comércio Internacional da China (CCOIC).

Instituto Confúcio na Unesp

O Instituto Confúcio na Unesp (www.institutoconfucio.unesp.br) é o resultado de um convênio entre a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e o governo da República Popular da China, em parceria coma Universidade de Hubei. Sua missão é o ensino da língua chinesa, a divulgação da cultura e da história da China e o fortalecimento do intercâmbio cultural e acadêmico entre o Brasil e a China.

Instituições participantes da II Feira de Universidades Chinesas no Brasil

1. Beijing Film Academy

2. Communication University of China

3. Graduate School of Chinese Academy of Agricultural Sciences

4. China University of Petroleum (Beijing)

5. Dalian Maritime University

6. Northeastern University

7. Changchun University of Science & Technology

8. Jilin University

9. Jilin Normal University

10. Harbin Institute of Technology

11. Shanghai Dianji University

12. Shanghai Jiaotong University

13. Shanghai Finance University

14. Shanghai Normal University

15. Tongji University

16. Suzhou University

17. Wenzhou University

18. Zhejiang University

19. Zhejiang Sci-Tech University

20. Nanchang University

21. Hubei University of Chinese Medicine

22. Hunan University

23. Sun Yat-sen University

24. Guangxi Medical University

25. University of Electronic Science & Technology of China

26. Tarim University

Inscrições gratuitas

E-mail: cbcde@cbcde.org.br

Site: www.cbcde.org.br

Tel.: 3082-2636

Serviço

II Feira de Universidades Chinesas no Brasil

Data: 22 e 23 de outubro de 2010

Horário: 9h às 18h

Local: Memorial da América Latina – Auditório Simón Bolívar (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 644, Barra Funda, São Paulo – SP)

Nenhum comentário: