sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A homofobia dissemina-se em São Paulo

Que humanidade é esta que vivemos, atacamos a todos, esganamos a todos, para quê, porque?
O desejo é crime?
O sexo é crime?
Quantos homens e mulheres deliram consciente e inconsciente por coisas e coisas bizarras!!!!!!!!!!!!!!!
Diante disto penso no poeta Carlos Drummond de Andrade

O homem e as Viagens


.......

O homem funde a cuca se não for a Júpiter
proclamar justiça junto com injustiça
repetir a fossa
repetir o inquieto
repetitório.

Outros planetas restam para outras colônias.
O espaço todo vira Terra-a-terra.
O homem chega ao Sol ou dá uma volta
só para tever?
Não-vê que ele inventa
roupa insiderável de viver no Sol.
Põe o pé e:
mas que chato é o Sol, falso touro
espanhol domado.

Restam outros sistemas fora
do solar a col-
onizar.
Ao acabarem todos
só resta ao homem
(estará equipado?)
a dificílima dangerosíssima viagem
de si a si mesmo:
pôr o pé no chão
do seu coração
experimentar
colonizar
civilizar
humanizar
o homem
descobrindo em suas próprias inexploradas entranhas
a perene, insuspeitada alegria
de con-viver.

Nenhum comentário: