quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

ESTAMOS EM PLENO MAR DO CAPITALISMO DIGITAL- DO CONTROLE














































Como nos afirmou Deleuze estamos na Sociedade de Controle, não mais a disciplinar , de Foucault, todos nos controlam, sobretudo os instrumentos do Capital.Agora somos BBB, vigiados , espionados dia a dia, hora a hora, segundo a segundo, e a moçada vibra, com a própria dominação.O entretenimento é a própria publicidade, e ai consumo adentra ferrenho, como moda, como consumir , para ser e estar.
Se não bastasse o email os web sites, estamos nas redes , chamadas de sociais, onde as palavras e imagens discursam e tem o poder de fazer a realidade, mesmo que se distancie da presencial.
Há mortos na Serra, do Rio, na periferia e Bairros de São Paulo , mas o que prevalece, parece, é o que é dito no, meio digital.
Estamos como nos dizia Baudrillard no ápice do simulacro, que engana , esconde, mente, e nada fazemos, estamos sob o controle e sem saída.
Não há cortina, não há véus, há a mascara grudada, em que somos um outro que nem sabemos quem somos.Se não sabíamos da persona, agora mais ainda.
Triunfo absoluto da era Digital, em que os conformes de facilidades enganam o sequestro nosso definitivo, sem volta, sem pagamento que nos devolva a antes.
Antes, é escuso, antigo, não atual, não moderno.
E nos perdemos, ou nos encontramos em outra era do humano.
A carta não vinga mais, o email, deixa de ser e assume as redes sociais, que breve, nos cobrará por participar, mais ainda, pois já pagamos com nossa vida devassada e controlada.

Nenhum comentário: