segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

O tempo é um sujeito gago

É assim que falo com meu bicho-eu-e com meu bico mesmo, BOM DIA este novo tempo que se diz em gráfico numérico 2012.
Passando por estes dias em minha terra PB, não me conheço bem muito menos esta terra, dita a minha capital.Mas. como dizia um autor do meu tempo-V de Carvalho- O tempo é um sujeito gago, é preciso ter paciência para entender as verdades que ele diz-assim vou me engolindo para entender os goles do tempo.
O tempo, não é breve, breve somos nós que construímos a tudo dentro de uma brevidade inteiriça e assim nos deleitamos sem vigiar as porteiras que nem abrimos nem fechamos, criamos.Criamos a nós como gigantes, pobre gigantes,adormecidos,a foto nos mostra isso.Corroendo a tudo a física nos come, e assim dizemos ser o tempo, pobre de nós.
Não há partidas, nem chegadas, há criação desta loucura que somos.
Mas vejo a praia de Tambaú PB, e vejo que o tal do tempo físico é imperdoável, aliás se é que ele é isto ou seu contrário, mas é física e a isto não escapamos, e nascer ou morrer é físico, orgânico e não tem erro, somos terra.
Bem- Vindo física de um novo tempo que derrubastes minhas Gameleiras,mas deixastes na memória, por um tempo, so por um, mas por enquanto sim .
Bom dia FELIPËIA PARAHYBANA que além da física os homens, te delapidaram e te apelidaram de João Pessoa.

Nenhum comentário: