quarta-feira, 17 de junho de 2015

Quinteto Violado -QV -41 Anos. : temperando a música brasileira e internacional


(Publicado na Revista Brasileiros
.SP)












No caminho da Mata ouvi um canto,
Asa na serra respondeu
Carcará num razante em rio sêco,
....
É o canto da terra,
Orvalho na serra,
A caatinga fulorou,
Mata Branca, padroeira...( Mata Branca = Caatinga -M.Melo)

 “Quando olhei a terra ardendo, qual fogueira de S. João...”( A. Branca.L Gonzaga/H.Teixeira  ) estas e outra músicas de Gonzaga  faziam parte do nosso acervo de família.Afora isto tinha Marinês e sua Gente,Rosil Cavalcanti  e J. do Pandeiro etc..Na época era o baião que se exportava para  o sudeste.Mas aprendi com o QV,  via Marcelo Melo,(violado)pesquisador e compositor da MPB a condição universal do nosso regional..
Em janeiro de 1970 o conjunto -apresenta-se pela primeira vez, sem nome próprio Q. Violado, na F.de Filosofia  UFPE. Em 1971, apresenta-se Nova Jerusalém (F. Nova PE), daí definitivamente: "os violados .

O quinteto, reacende nossa música nos anos 70 dando um caráter clássico/popular  à nossa música , dita regional, que não entendo o porquê, afinal não há música  que não tenha um pé no regional.

O Quinteto assim diz o poeta Dourado:
...” Paulo Freire Educação
Cangaço, Lucas de Feira
Na peleja e na rima
Malazarte e Canção...
tem Quinteto Violado
O Barro de Vitalino  ... “(http://migre.me/8appP)
Ou Xico Bizerra, citado  pelo saudoso Toinho Alves -violado:
’’ …A canção é a ferramenta

para violar luares

E por todos os lugares 

enluaramos violas ..”( http://bit.ly/yHD6S8)


Afora isto, o QV, trouxe-nos a palavra musicada e a cena dos folguedos/ritmos: cavalo marinho, pastoril, forro, baião,frevo ,xote, coco, cordel-emboladas,coco,maracatus, ciranda, o bumba meu boi etc, além de cantar Vandré( com quem gravou um LP/CD),Capiba,J.do Pandeiro ,Adoniran  etc. e composições próprias

Os violados, em suas  pesquisas ,trouxeram sangue  quente e virtuose à música  brasileira, mostrando ao mundo por seu muitos discos ,CDs  DVDs, um Brasil palavrado de expressões novas e arranjos Eles, ,juntam o popular e erudito, passando por filigranas jazistícas, sem tirar o foco de valorização do nacional, em que violão,contrabaixo,viola e,flauta,e safona, bem como teclados, engendram com as  suas vozes em  um novo melódico da MPB.

O primeiro  disco-LP-, Quinteto Violado em concerto,  Philips :1972, em que se incluía A. Branca  sucesso nacional e internacional com  prêmios recebidos .

Amigos do saudoso Gonzaga,em época de cáida midiática/fonográfica  deste, o quinteto realumiou o mesmo.Ele era padrinho dos violados , como assim o foi Hermilo B. Filho e Marcos Pereira, com quem o QV participou do projeto Música Popular do Nordeste 1973.

Gonzaga, certa vez, na década de 1980 na TV Cultura, predicou o QV de “sustança”, “tutano do corredor do boi”, e também “Padim Cícero”, “Frei Damião” e “Lampião.( http://bit.ly/yjVa7g)
J. Teles, PE, jornalista, pesquisador da MPB, lançou  -LA VÊM OS VIOLADOS da Ed. Bagaço-Pe, 2011vale conferir, assim como a produção do quinteto em seu site (http://migre.me/8arVN)  

Nenhum comentário: