quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

As veias suturadas continuam latindo - Hermano José Almeida

Capturas do Facebook
Em breve teremos uma matéria exclusiva com este poeta, Hermano José Almeida, jovem marcante, paraibano que desmancha sua doçura e fel quando quer em sua obra, mas não  me contive, de antemão, em capturar sua postagem no facebook .Paulo Vasconcelos
....
"A leitura foi fuga e salvação. Entendi que o jogo da vida é discórdia, vaidade, poder e inveja"
Hermano José Almeida-

A vida ou o que tentamos chamar de vida continua. Rotular, excluir, distorcer. Aprendi cedo. Talvez antes do útero. Na veia. Meu corpo quebrado é uma extensão de muitos corpos quebrados. Fui ter noção do mundo em que vivo
Através de livros. Aleijado, castrado sem ser, excluído. A leitura foi fuga e salvação. Entendi que o jogo da vida é discórdia, vaidade, poder e inveja. Muitos usam outras e outros por uma bela foto na coluna social. Me recuperei das fraturas em 81. Me arrastava dentro da casa para me recuperar depressa. Era a metamorfose de Kafka. Lá vem a larva arrastando_se no chão. Não tenho receio em dizer que comia até farelos do chão para me recuperar mais rápido. Minha mãe detestava. Mas ela passava o dia trabalhando. O inseto estava solto. 

Nessa época li muito. As veias abertas da América latina. Parecia minha vida. Principalmente as torturas. Me via no pau de arara. Passei por fase romântica de acreditar que a esquerda salvaria o mundo. Maquiavel me salvou. Marx achava que o proletariado é " o povo prometido". Um bom judeu alemão. Hitler e Stálin disputavam matanças. E o capital triunfa. Violência para todos os lados. Da simbólica a morte. E muitos acumulando. A mídia ... Adorava ver distorções.
Conto de fadas. Adorava os enlatados norte_americanos. O " descanso do inseto era ver As panteras e praticar o revolucionário onanismo. Americanoh. Chimamanda bem antes dela existir. O inseto virou borboleta. voltei para o colégio . Abril. Era o " homem invisível". No primeiro dia forcei um pouco e tive distensão. Voltava a forma de larva. Duas semanas em casa. Cama , idiota! Era semana santa e eu retirava Jesus da cruz e assumia o lugar. Sangue, morte e dor. Libertava os dois ladrões. Redimir Judas. A humanidade não tem salvação. Antes de morrer na cruz, enfiam uma lança em minha genitália. Não me dirijo ao Pai.
Madalena me toca . A revolução está chegando. Muitos atiram pedras em Madalena. Morre junto ao meu corpo . Toca Lou Reed. Romeu and julieth. Ressurreição ? Acordo do pesadelo na minha cama. Coberto de urina. Rasgo Kafka. Leio a Playboy e invado o penico de balas. Vejo Che no reino dos céus. É expulso do paraíso perdido. Diretas já. Tomo um gole de água. Golpe de água. Voltava a me recuperar. Li Nietzsche e adentrei com ele na eterna meia_ noite. Olho pro abismo e tomo coragem.
" Endureci e até hoje busco a ternura". Diretas já? Ronald e Margareth mandavam no mundo. Finalmente retornava ao colégio. Ereto. Será? Corações e mentes ... uma amiga convidou_me para assistir. No cinema , perdi o coração . Hipertrofiei a mente. " Doce amiga : nós que amávamos tanto a revolução"! Nem um abraço. A "mente , mente". Che sem vara...

Nenhum comentário: