segunda-feira, 23 de abril de 2018

PALAVRA MUDA Paulo Vasconcelos POR MICHELINY VERUNSCHK

Palavra Muda


Deixa que eu persiga a palavra,
talvez o poema estale
e eu mais vazio fique.






Tive o prazer e muita, muita satisfação mesmo,nas considerações de Micheliny Verunschk sobre meu livro  -Palavra Muda-
Kindle Amazon












A palavra muda: ela silencia ao mesmo tempo em que chama para a ação. Esse é o raio da palavra de Paulo Vasconcelos: casa de cristal e voo, agudeza e respiração. O espaço lírico-reflexivo criado em “Palavra Muda” joga constantemente com o mundo, indagando-o, recriando-o, procurando outras formulações possíveis para o seu tempo, o tempo externo, o tempo do próprio poema. Subjetiva e combativa, esta lírica ao mesmo tempo em que tateia o infinito, busca responder ao aqui e agora.


Micheliny Verunschk

https://amzn.to/2HcoW1P  clique aqui

Nenhum comentário: