terça-feira, 3 de agosto de 2010

Raimundo Carrero e Edney Silvestre vencem 3ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura

Raimundo Carrero e Edney Silvestre vencem 3ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura
by UOL

Sérgio Figueiredo / Folhapress

O escritor Raimundo Carrero, autor do melhor livro do ano pelo Prêmio São Paulo de Literatura, na biblioteca de sua casa em Recife (08/12/2005)
BIENAL DO LIVRO: TERROR E PERSONALIDADES
ESPECIAL FLIP 2010
RESENHAS DE LIVROS
"A Minha Alma É Irmã de Deus", de Raimundo Carrero, e "Se Eu Fechar os Olhos Agora", de Edney Silvestre, foram os vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura, anunciado esta segunda-feira (2) em cerimônia no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. Carrero ganhou prêmio de melhor livro do ano e Silvestre, de melhor livro de autor estreante.

Em sua terceira edição, o prêmio é concedido pelo Governo do Estado de São Paulo, via Secretaria de Estado da Cultura, e dá R$ 200 mil para cada um dos vencedores.

Os livros finalistas, todos de 2009, foram divulgados no último mês de maio no Festival da Mantiqueira, em São Francisco Xavier (SP).

Os premiados foram selecionados por júri composto por Walther Moreira Santos, Luís Felipe Pondé, Moacyr Scliar, Plínio Martins e Valentim Facioli.

Em 2009, os vencedores foram "Galiléia", de Ronaldo Correia de Brito, como melhor livro do ano, e "A Parede no Escuro", de Altair Martins, como melhor obra de autor estreante. Na primeira edição do prêmio, em 2008, venceram "O Filho Eterno", de Cristóvão Tezza e "A Chave de Casa", da estreante Tatiana Salem Levy.

Veja abaixo a lista de livros que concorriam aos prêmios, com os vencedores em destaque.

:;Melhor Livro do Ano

Bernardo Carvalho, "O Filho da Mãe" (Companhia das Letras)
Chico Buarque, "Leite Derramado" (Companhia das Letras)
João Ubaldo Ribeiro, "O Albatroz Azul" (Nova Fronteira)
Luiz Ruffato, "Estive em Lisboa e Lembrei de Você" (Companhia das Letras)
Ondjaki, "AvóDezanove e o Segredo do Soviético" (Companhia das Letras)
Paulo Rodrigues, "As Vozes do Sótão" (Cosac Naify)
Raimundo Carrero, "A Minha Alma É Irmã de Deus" (Record)
Reinaldo Moraes, "Pornopopéia" (Objetiva)
Ricardo Lísias, "O Livro dos Mandarins" (Alfaguara)
Rodrigo Lacerda, "Outra Vida" (Alfaguara)



Brisa Paim Duarte, "A Morte de Paula D." (Edufal - Alagoas)
Carlos de Brito e Mello, "A Passagem Tensa dos Corpos" (Companhia das Letras)
Carol Bensimon, "Sinuca Embaixo D'Água" (Companhia das Letras)
Cíntia Lacroix, "Sanga Menor" (Dublinense)
Claudia Lage, "Mundos de Eufrásia" (Record)
Edney Silvestre, "Se Eu Fechar os Olhos Agora" (Record)
Ivana Arruda Leite, "Hotel Novo Mundo" (Editora 34)
Ivone Castilho Benedetti, "Immaculada" (WMF Martins Fontes)
Lívia Sganzerla Jappe, "Cisão" (7 Letras)
Maria Carolina Maia, "Ciranda de Nós" (Grua Livros)

Nenhum comentário: