domingo, 10 de fevereiro de 2008

Cloverfield - Monstro








Título original Cloverfield
Gênero Ação
Ano 2008
País de origem Estados Unidos
Distribuidora Paramount Pictures Brasil Distribuidora de Filmes Ltda.
Duração 90 min.
Classificação 14 anos
Língua Inglês
Cor Colorido
Diretor Matt Reeves
Elenco Blake Lively, Mike Vogel, Lizzy Caplan
Vídeos Veja o trailer

Dê sua opinião escolha... Ruim Regular Bom Ótimo Excelente

Onde ver Clique aqui e saiba onde este filme está passando

Resenha
'Cloverfield' destrói NY e recicla clima de 'Godzilla'
Divulgação

Cartaz do filme
Cenário de diversas catástrofes no cinema, Nova York enfrenta uma nova destruição que agora atende pelo nome de Cloverfield. Trata-se de um monstro gigantesco e faminto, criado por J. J. Abrams, produtor da série de TV Lost e diretor de Missão Impossível 3.
» Veja o cartaz
» Veja o trailer
» Assista a trailers inéditos!
» Confira onde assistir ao filme

Cloverfield - Monstro teve um grande lançamento nos Estados Unidos, que arrecadou de saída mais de US$ 40 milhões de dólares, embora seguido de uma queda vertiginosa de 70% na segunda semana.

O longa é uma retomada dos antigos filmes protagonizados por criaturas gigantescas e perigosas com um tempero um pouco mais moderno.

Para se comunicar com as novas gerações, a ação acontece praticamente em tempo real, à la 24 Horas, e é gravada por uma câmera de um dos personagens - o que faz a história parecer uma combinação entre Godzilla e A Bruxa de Blair.

Tudo começa quando Rob (Michael Stahl-David) dá uma festa de despedida em seu loft em Manhattan. Ele está de mudança para o Japão. Essa é a última chance de acertar antigas contas, como com sua ex-namorada Beth (Odette Yustman), que vai à festa acompanhada de um outro rapaz.

Rob não terá muitas chances para conversar com qualquer pessoa, pois estará mais preocupado em salvar a própria vida. Mal a festa começa, ouve-se uma explosão. Quando os convidados se dão conta do que está acontecendo, Nova York está destruída, a Estátua da Liberdade foi decapitada e o caos dominou tudo e todos.

Quando chegam à rua, Rob e alguns sobreviventes têm que fugir, ainda sem saber do quê. Até que uma pessoa grita "eu vi, e está vivo!".

O rapaz, acompanhado de Lily (Jessica Lucas), Marlena (Lizzy Caplan) e Hud (T.J. Miller), fica obcecado em documentar todo o acontecimento. Segue em direção da ponte do Brooklyn, até que Cloverfield a destrói também.

A culpa parece bater em Rob, que se sente obrigado a salvar Beth, que saiu da festa pouco antes da tragédia. Ela consegue contatá-lo por seu celular, que milagrosamente ainda funciona. Em seu caminho, o rapaz não verá nada além de destruição, mortes e terror.

J. J. Abrams teve a idéia de criar o monstro durante uma viagem ao Japão - por isso, homenageia o país no enredo, mandando Rob para lá. Para desenvolver o projeto, ele contou com seus colaboradores habituais, como o roteirista Drew Goddard (Lost e Alias) e o diretor Matt Reeves (Felicity).

Com Cloverfield - Monstro, Abrams espera que os norte-americanos vivenciem uma espécie de catarse do pós-11 de setembro. Por isso, fez um filme sem subtexto político, explorando apenas os horrores do ataque de algo desconhecido.

Esse foi o mesmo recurso usado pelo cinema japonês em 1954, ao lançar Godzilla, uma espécie de símbolo dos horrores da bomba atômica, lançada sobre Hiroshima e Nagasaki em 1945.

Apesar da queda na bilheteria, Cloverfield - Monstro pagou-se na primeira semana. O filme custou cerca de US$ 25 milhões - o que é bem baixo para esse tipo de produção em Hollywood.

A sequência já está prometida para breve. Resta saber qual cidade Cloverfield irá destruir dessa vez.

Reuters

Nenhum comentário: