quarta-feira, 3 de junho de 2009

Até o final de 2009 o Google deve entrar no mercado de e-books (livros eletrônicos) e será mais uma opção para as editoras venderem seus títulos em ve


Até o final de 2009 o Google deve entrar no mercado de e-books (livros eletrônicos) e será mais uma opção para as editoras venderem seus títulos em versões digitais.

Segundo um comunicado divulgado pela empresa nesta segunda-feira (01), o conteúdo dos livros poderá ser consultado através do mecanismo de busca do Google e a comercialização será feita por um programa de parcerias.

Com a iniciativa, a companhia vai concorrer com a Amazon, que já está no mercado com uma loja de e-books e também com seu leitor de livros digitais, o Kindle.

De acordo com informações do IDGNow!, o Google deseja estimular e estabelecer um "ecossistema de livros digitais" e dessa forma, seus parceiros poderão vender suas publicações com qualquer aparelho que tenha acesso á internet. “Eventualmente, nós esperamos estender essas funcionalidades aos lojistas que incluírem o Google Previews em seus sites”, informou o comunicado.

Os usuários que compram pela Kindle Store, da Amazon, só conseguem utilizar o iPhone e iPod Touch, da Apple, além de seu leitor de livros digitais. A empresa tem 280 mil títulos disponíveis em sua loja.

Em maio, a Amazon lançou uma nova versão, o Kindle DX, com uma tela maior para leitura de revistas e jornais.

Redação Adnews

Nenhum comentário: