segunda-feira, 29 de março de 2010

Após polêmica, Abril Pro Rock retorna ao Centro de Convenções

http://tipoyplay.blig.ig.com.br/2004/03/forgotten-boys.html

Do JC Online

Depois de muita polêmica, o Abril Pro Rock confirmou: vai voltar a ser realizado no Pavilhão do Centro de Convenções, em Olinda. O anúncio foi feito pelo perfil do festival no Twitter e no site oficial. Antes, os shows estavam marcados para acontecerem no terreno da Fábrica Tacaruna.

Segundo comunicado oficial, a decisão de voltar ao Centro de Convenções foi tomada nesta manhã de sexta-feira (26). "O APR não quer ser pivô de polêmicas pré-existentes", diz um post.

» Querem transformar o APR num vilão, reclama produtor do festival
» Abril Pro Rock inscreve em oficinas de qualificação musical
» Confira a programação completa dos shows principais

Uma liminar do Ministério Público proibe shows de grande porte na Fábrica Tacaruna. O produtor Paulo André se defendeu afirmando que o festival diminiu e que espera apenas 3 mil pessoas. ""Querem fazer o APR de vilão em algo que ele não tem nada a ver. Outros festivais já utilizaram o local e nunca surgiu essa discussão", reclamou André, em entrevista ao JC Online.

"Diante da situação judicial entre a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco e o Ministério Público, a decisão sensata foi voltar ao Cecon", disse organizadores do Abril Pro Rock em nota oficial. As datas, no entanto, estão mantidas: os shows principais acontecem nos dias 16 e 17 de abril, no Centro de Convenções. O APR Club, novidade este ano, traz shows menores para uma casa na Rua do Apolo, Recife Antigo, nos finais de semana de abril, começando dia 9.

No APR Club já estão confirmados, Daniel Peixoto (ex-Montage), Killer on The Dancefloor, Dead Fish, Mundo Livre SA, Camarones Orquestra Guitarrística, Burro Morto, e os portugueses, Dead Combo e Legendary Tiger Man. Prometido para esta sexta, o festival adiou para segunda-feira a programação completa do APR Club.

Nenhum comentário: