segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Escolas francesas pagam por comparecimento de alunos


Iniciativa de Martin Hirsch vem causando polêmica até no próprio governo francês
Foto: BBC Brasil/ AP


Iniciativa de Martin Hirsch vem causando polêmica até no próprio governo francês
Foto: BBC Brasil/ AP
Para lutar contra a evasão escolar, alguns estabelecimentos técnicos de ensino na França decidiram "pagar" os alunos para assistir às aulas e oferecer até ingressos de futebol. A partir desta segunda-feira (5), três escolas nos arredores de Paris oferecem prêmios de até 10 mil euros (cerca de R$ 26 mil) para a classe que menos faltar às aulas.

A iniciativa para estimular a assiduidade nessas escolas, tomada pelo secretário francês para a Juventude, Martin Hirsch, vem provocando grande polêmica no país e está sendo criticada por representantes de pais de alunos e até por membros do próprio governo.

A ministra do Ensino Superior, Valérie Pecresse, declarou no domingo que "a assiduidade é o primeiro dever de um aluno". A ministra, que afirma não ter soluções imediatas para o problema de alunos que faltam às aulas, questiona se "é preciso pagar um adolescente para que ele faça sua obrigação".

O índice de alunos que faltam regularmente aos cursos é de 11%, em média, na França. Em escolas profissionalizantes, esse número pode ser ainda mais elevado e atingir até 80%, segundo Hirsch.

Leia matéria completa na BBC Brasil.










http://bit.ly/3skIEF

Nenhum comentário: